Depoimentos sobre Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Esta página mostra informação detalhada sobre uma doença como por exemplo estatísticas, experiências dos pacientes e artigos relacionados.

Também conhecida como:
---
Código ICD10: F90.1
Grupo ICD10: F00-F99, Transtornos mentais e comportamentais
opiniões
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)
Também conhecida como: ---
Código ICD10: F90.1, Grupo ICD10: F00-F99, Transtornos mentais e comportamentais

Impacto da
doença

Impacto da doença 100%

O que dizem os pacientes...

Impacto no estado emocional 25%
Nível de controle 0%
Nível de queixas 50%
Impacto na dieta 0%
Impacto financeiro 100%

Os nossos pacientes

Os nossos pacientes, demografia

Leia os depoimentos dos nossos pacientes sobre Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Filtrar os depoimentos por...

ocultar filtros...
opção de tradução disponível para depoimentos de outros países

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

14/02/2020 | | 61moderado por Roberto

A mente trabalha muito e com muitos projetos. A maioria não se torna real. Tarefas não concluídas. Sem vida social. Colegas de trabalho e família não acredita em mim. Não passo confiança para as pessoas. Exagerados motivos de chacota por parte dos que me rodeiam. Sem chance de ser promovido no trabalho. A vantagem é ser altamente criativo. Muito esforçado, porém, sem resultado prático.
> leia o depoimento completo...

Medicamentos mais usados para esta doença


Experiências dos medicamentos mais usados para esta doença

Venvanse

11/07/2021 | | 31moderado por Miguel
dimesilato de lisdexanfetamina (70mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Esse medicamento é uma droga altamente viciante. Comecei com 30mg dia e hoje tomo 4 comprimidos de 70mg ou mais em um dia, isso para não ter abstinência. Se tem TDAH use o Wellbutrin XL de 300mg, esse sim é um medicamento eficaz e não vicia, não use o venvanse. No início a sensação é que você está pleno, disposto e feliz o tempo todo, é maravilhoso, sensação muito parecida com a da cocaína, dig...
> leia o depoimento completo...

Venvanse

03/06/2021 | | 20moderado por Miguel
dimesilato de lisdexanfetamina (70mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Tenho TDAH e até os 12 anos tomei ritalina, dps disso eu e minha família não lembramos o porquê mas parei de tomar medicamentos para o TDAH, até esse ano não tinha sentido grandes dificuldades quanto à concentração, até pq, sem perceber eu criava soluções para a dificuldade de foco. Entretanto, do ano passado para esse ano eu senti uma dificuldade imensa em ter foco, concluir tarefas, e isso vi...
> leia o depoimento completo...

Concerta

24/04/2021 | | 18moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (36MG) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Meu filho trocou a ritalina pelo concerta por ser de longa duração e facilitar a dosagem, além de que é o medicamento que tem duração prolongada sem picos. Nem tentamos a ritalina LÁ. Em 2 dias de uso tive que parar de usar porque aumentou muito os tiques com barulhos na garganta, piscar os olhos, bruxismo e mexer a mandíbula. Com a ritalina normal os tiques são mais leves e controlados.
> leia o depoimento completo...

Concerta

20/03/2021 | | 23moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (36MG) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Concerta ajuda quem tem um TDAH leve a moderado, como é o meu caso. Para casos mais graves, não, pois não é muito potente, e seu efeito é sentido ao longo do dia de maneira sutil. Ando percebendo alterações bruscas de humor, incluindo histeria e choro nervoso em qualquer situação de estresse. Quando não estou produzindo, há uma grande irritabilidade. Os efeitos colaterais mais latentes são o br...
> leia o depoimento completo...

Venvanse

15/02/2021 | | 23moderado por Miguel
dimesilato de lisdexanfetamina (30mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Comecei a tomar o venvanse para tratar meu TDAH, no mês passado (01/2021), e digo que o medicamento, que antes era muito bom, pelo que diziam, está fraquíssimo, com eficácia praticamente nula. No primeiro dia senti alguns efeitos, mas nada de extraordinário, parecia que estava tomando uma dose de droga recreativa qualquer. No segundo e terceiro dia os efeitos foram diminuindo gradativamente, at...
> leia o depoimento completo...

Venvanse

14/02/2021 | | 23moderado por Juliana
dimesilato de lisdexanfetamina (30MG) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Os efeitos colaterais do Venvanse que mais me incomodam são o bruxismo, zumbido nos ouvidos, extrema suscetibilidade ao estresse, o efeito rebote que o mesmo causa, caso você deixe de tomar de repente, e principalmente esse aumento insano da frequência cardíaca, que me leva a ter paranoias (o que já não sei se pode estar associado ao venvanse, tendo em vista que a psicose está alocada nos efeit...
> leia o depoimento completo...

Venvanse

14/02/2021 | | 23moderado por Camila
dimesilato de lisdexanfetamina (30mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Comecei com o venvanse 30mg, ingerindo-o com bicarbonato de sódio (que aumenta a meia vida do venvanse), e senti efeitos regulares, nada de tão fantástico, só fez com que eu tivesse um raciocínio um pouco mais rápido, maior vontade de fazer as coisas, me senti mais comunicativa e compreensiva, e uma leve redução do apetite. Lembrando que se trata de uma dose pediátrica. Durou o dia todinho, tan...
> leia o depoimento completo...

Venvanse

10/02/2021 | | 32moderado por Juliana
dimesilato de lisdexanfetamina (50mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Estou tomando o venvanse há três meses e estou amando. Ele não me dá sono, pelo contrário, me dá bastante disposição e se eu tomar muito tarde fico com insônia. Eu senti palpitação só na primeira semana e depois passou. Eu tomo para tratar TDAH.
> leia o depoimento completo...

Venvanse

31/10/2020 | | 27moderado por Miguel
dimesilato de lisdexanfetamina (70mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Faço uso do venvanse 30mg à quase 3 meses junto com venlafaxina e posso dizer que minha vida mudou. Consigo ter foco e lembrar de tudo que preciso. Mas ainda sinto mto os efeitos colaterais: perda de apetite, insônia e algumas crises de ansiedade. Ele é caro mas realmente resolve o problema.
> leia o depoimento completo...

Venvanse

29/08/2019 | | 56moderado por Juliana
dimesilato de lisdexanfetamina (50) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Utilizei o Venvanse por mais de dois anos ( 50 e 30mg) e percebi a grande diferença com a Ritalina. Além dos benefícios nao apresentou nenhuma reaçao . Infelizmente acabei pedindo a minha medica a retirada gradativa devido ao alto custo( e outros medicamentos usados). Mas agora após 2 meses acho q estou sentido a falta dele pois há um mes tive alguns sintomas de uma depressão ainda nao apresent...
> leia o depoimento completo...

Concerta

27/11/2018 | | 14moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (54MG) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Olá sou mae de um menino de 14 anos com hiperatividade e defice de atenção pode me ajudar a perceber o que sentiu de diferente em relação ao original e ao generico? Agradeço imenso
> leia o depoimento completo...

Concerta

19/06/2018 | | 48moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (36mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Tomo concerta desde 2013, até 2016 considero que sua ingestão me auxiliava tanto que os efeitos secundários passavam despercebidos. Em 2017, percebi que seu efeito já não eram os mesmos, a memoria apresentou pioras, e a ansiedade seguída de taquicardia se fez mais presente. Hoje, sinto como se a medicação , estivesse adulterada, ela pouco tem colaborado. Concentra, reter os conteúdos, manter o...
> leia o depoimento completo...

Concerta

19/03/2018 | | 37moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (36mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Transtorno de déficit de atenção sem hiperatividade. Com o tempo, percebi que é mais meu transtorno ansioso que cria o déficit. O transtorno ansioso me paralisa, estou perdendo a memória. Estou em pânico.
> leia o depoimento completo...

Concerta

12/03/2018 | | 28moderado por Juliana
Cloridrato de metilfenidato (54mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

No começo, Concerta funcionava como deve ser. Mas, nos últimos meses, estou sofrendo com efeitos colaterais desagradáveis, como inquietude, preocupações, pânico, problemas de memória, alterações de humor e ansiedade.
> leia o depoimento completo...

Concerta

05/02/2018 | | 33moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (27mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Primeiro utilizava Metilfenidato Mylan, que era horrível. Depois, pedi para utilizar Concerta de Janssen-Cilag, o original. Era muito melhor, a impulsividade desapareceu e me conseguia concentrar melhor e com mais tranquilidade. Para todos que se tornaram introvertidos ou inquietos com Concerta... perceba que a sua dose pode estar muito alta!!
> leia o depoimento completo...

Concerta

14/01/2018 | | 20moderado por Camila
Cloridrato de metilfenidato (54mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

É um bom medicamento para mim. Estou calma e me consigo concentrar. Eu acho uma desvantagem que começo a ter muito suor e tremores.
> leia o depoimento completo...

Concerta

11/01/2018 | | 15moderado por Miguel
Cloridrato de metilfenidato (54mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Quando o medicamento termina de sutir efeito, após 8 a 12 horas, às vezes você fica com dor de cabeça, especialmente se você começou há pouco tempo com o medicamento.
> leia o depoimento completo...

Risperidon

14/11/2017 | | 52moderado por Camila
Risperidona (1mg) para Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Fiquei, de fato, um pouco mais calmo e mais concentrado com a Risperidona. No entanto, o meu peso aumentou e a minha libido desapareceu. Tinha um sentimento estranho na minha cabeça e não me sentia eu mesma.
> leia o depoimento completo...

Doenças com mais depoimentos


O conteúdo desta página é gerado por usuários do site e é revisado e analisado antes de ser aprovado, garantindo assim, estar de acordo com as nossas regras sobre experiências ou reações sobre uma doença. Não exigimos nenhum conhecimento médico provado dos nossos visitantes para que estes possam apresentar as suas experiências. Desta forma, as opiniões e experiências descritas denotam a visão do escritor e não a do responsável pelo site. Lembrem-se de que estas experiências diferem de pessoa para pessoa, portanto o seu médico ou farmacêutico devem sempre ser contactados para aconselhamento sobre medicação.

Copyright © 2008-2021 Insight Pharma Services BV.
Todos os direitos reservados.
Icons made by Prosymbols from www.flaticon.com and licensed as CC 3.0 BY.